14 dicas para fazer um marketing odontológico para seu consultório


Recentemente, o site do CFO atualizou o número de dentistas inscritos no Brasil. O país contém quase 300.000 dentistas. Para você que não sabe, isso corresponde a mais de 20% dos dentistas do mundo. Diante deste cenário competitivo, muitos dentistas estão começando a perceber a importância de fazer um marketing odontológico adequado para captação de pacientes e fortalecimento do consultório no mercado odontológico.

De fato, ainda não é uma tendência do mercado odontológico a procura dos dentistas pelo marketing em Odontologia. Como já discuti aqui diversas vezes, nossa graduação não voltada para o mercado tem grande culpa nisso.

Com um mercado odontológico cada vez mais voraz, faz-se necessário utilizar artifícios para captar pacientes para o consultório. Um plano de marketing odontológico adequado será decisivo livrar o gestor dos lucros pífios ou até mesmo a falência do consultório odontológico. Do outro lado, o dentista até tenta realizar um marketing odontológico adequado, mas termina esbarrando nas limitações teórico-práticas sobre este assunto.

O resultado disso é que o marketing em Odontologia, muitas vezes, é realizado de forma amadora, o que termina causando o efeito reverso: repelir os pacientes ao invés de aproximar.

Neste artigo, passarei algumas dicas para realizar um marketing odontológico adequado no seu consultório. Deixo claro aqui que não pretendo formar especialistas em marketing na Odontologia. Mas, se aplicar o que colocarei aqui, provavelmente vai ver uma mudança substancial nos resultados.